_________Luandabe____________Luandabel
______LuandabelaLuan_______LuandabelaLuanda
____LuandabelaLuandabel___LuandabelaLuandabel
___LuandabelaLuandabelaLuandabelaLu_______Luan
__LuandabelaLuandabelaLuandabelaLu_________Luan
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuanda_______Luan
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabela______L
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuan__Lua
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab_L
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabel
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabel
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab
__LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuand
____LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLu
______LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab
_________LuandabelaLuandabelaLuandabelaL
____________LuandabelaLuandabelaLuand
______________LuandabelaLuandabela
_________________Luandabela♥♥♥
___________________♥♥♥♥♥♥
_____________________♥♥♥
______________________♥
__________♥Olá♥ Caríssimo♥
_____________##
____________###*
________.*#####
_______*######
_____*#######
____*########.
___*#########.
___*######*###*
__*#########*###
_*##########*__*##
_*###########___*
_#########
_*##*#####
_*_########
____#######
_____*######
______*#####*
___EU___*####*
__QUERO___*####
__VOCÊ_______*##*
__FELIZ TODO___*##
__DIA___________*##.
______________.#####. Beijos :-***
___________.##########
__________.####*__*####
Na verdade... :x
Nós todos precisamos uns dos outros, eu, por exemplo, preciso
De você... Do seu carinho e da sua amizade.
Luandabela -)(-:

sábado, 3 de abril de 2010

Espinhos de açúcar e chocolate



Espinhos de açúcar e chocolate




Existem paredes que eu não posso atravessar
Existem rios que eu não posso cruzar

Vivo dentro de uma concha vazia
Prisioneiro da angústia
Distante da lua e dos holofotes

Existem mares que eu não posso navegar
Existem estradas que eu não posso caminhar

Aonde as dores morrem
As máquinas nos matam
Somos números numa imensa lista

Existem portas que eu não posso abrir
Existem segredos que eu não posso conhecer

Levanto antes do sol
Quando a madrugada senta na sarjeta
Soluçando o pó das lembranças

Existem muros que não posso derrubar
Existem abismos que não posso saltar

Vivo dentro da cabeça das nuvens
A ouvir apenas a voz do vento
E o coração clamando por um amor impossível

Existem camas que eu não posso me deitar
Existem cidades que eu não posso entrar

No berço da saudade
Derramo tardias lágrimas
E deixo um sorriso de adeus

Existem flores que eu posso cheirar
Existem corpos que eu posso tocar

Tantos pecados
Tantos pecadores
Tantos lábios vermelhos


Carlos Assis


Glitter Photos

Nenhum comentário:

Counter

♥Luandabela Headline Animator

Postagens populares

Sexualidade

Sexualidade
Bar Aurora & Boteco Ferraz

Subscribe Now: Feed Icon

va