_________Luandabe____________Luandabel
______LuandabelaLuan_______LuandabelaLuanda
____LuandabelaLuandabel___LuandabelaLuandabel
___LuandabelaLuandabelaLuandabelaLu_______Luan
__LuandabelaLuandabelaLuandabelaLu_________Luan
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuanda_______Luan
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabela______L
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuan__Lua
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab_L
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabel
LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabel
_LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab
__LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLuand
____LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandabelaLu
______LuandabelaLuandabelaLuandabelaLuandab
_________LuandabelaLuandabelaLuandabelaL
____________LuandabelaLuandabelaLuand
______________LuandabelaLuandabela
_________________Luandabela♥♥♥
___________________♥♥♥♥♥♥
_____________________♥♥♥
______________________♥
__________♥Olá♥ Caríssimo♥
_____________##
____________###*
________.*#####
_______*######
_____*#######
____*########.
___*#########.
___*######*###*
__*#########*###
_*##########*__*##
_*###########___*
_#########
_*##*#####
_*_########
____#######
_____*######
______*#####*
___EU___*####*
__QUERO___*####
__VOCÊ_______*##*
__FELIZ TODO___*##
__DIA___________*##.
______________.#####. Beijos :-***
___________.##########
__________.####*__*####
Na verdade... :x
Nós todos precisamos uns dos outros, eu, por exemplo, preciso
De você... Do seu carinho e da sua amizade.
Luandabela -)(-:

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

COMECEI A SER MAIS FELIZ...





COMECEI A SER       MAIS FELIZ...



Quando       me dei conta,

Que a       vida não é fácil,

E que a       minha adolescência já tinha acabado,

Mesmo       que eu continuasse a insistir em vestir roupa de       guriazinha,

As rugas       estavam na cara,

Substituindo as espinhas.



Quando       eu descobri,

Que eu       podia contar apenas com as minhas duas mãos,

Mesmo       que a minha agenda telefônica,

De meu       próprio punho organizada,

Personalizasse como amigos,

Os       conhecidos que um dia conviveram comigo.



Comecei a ser mais feliz quando,

Ao       me         conhecer,

Entendi       que era inútil,

Os meus       limites,

Eu não       aceitar

E       conviver.



Sabe,

Há muito       eu já andava,

Meio       introspectiva e triste,

Por não       conseguir entender,

Que os       erros existem,

Para       que, com eles,  a gente       possa        aprender.



Afinal,       não dá para sair ganhando em tudo,

Sendo a       mais bonita, inteligente,

Profissional renomada, mãe extremada,

É       incoerente mesmo ser gente

E em       tudo,

Ser 100%       competente.



Até       porque gente erra, gente se emociona,

Gente       atrasa, gente esquece,

Gente se       altera

E é até       capaz de matar,

Se um       dia como bicho ou lixo,

Instigarem-na para que vire fera.



Então,       parei e pensei que precisava do refletir, uma ação       assumir,

De       tentar ser comigo mais coerente e menos exigente, afinal para ser       feliz,

Eu tinha       que ser menos pedante, intransigente e muito mais aprendiz enquanto       gente,

Necessitava compreender de uma vez por todas que os meus       defeitos,

Não eram       sórdidos desafios  e  sim  apenas naturais  limites       humanos,

Que não       batalhavam para transpor-me, expor-me  no meu  exibido perfeccionismo       insano.



Era       hora, portanto, da seriedade relevar, de aprender a gargalhar,       exercitar,

Trabalhar-me, para no máximo os meus defeitos eu       conseguir  minorizar,

Ah que       prelúdio de felicidade quando por me respeitar,  perdoar e acolher-me       errando,

Um       sorriso evolutivo veio sabiamente me cumprimentar,

Ele       vinha da minha alma que sentia que eu começava a       acertar,

Que       bastava do meu corpo e a minha mente eu ter permitido  amofinar e       judiar.



Finalmente, percebi que eu precisava,

Abrir um       espaço no meu corpo,

Para       abrigar,

Compreensão, força,

Recomposição,

Paz e       conforto.



Necessitava de verdade, urgente, viver e ser feliz como       gente,

Entender       que estava mais do que na hora de pegar leve comigo,

Afinal,       chegava de fazer do meu existir o meu próprio castigo,

Até       porque a cada dia, mais e mais me conscientizo de que  tudo é uma breve       passagem,

Que       merece ser vivida, sim, com menos rigor e mais       felicidade,

Para       quem sabe, conquistar desta vida, o transcender bonito para as próximas       paragens...




@ngel       (Angélica)

Se gostou e quer copiar pode, no final só por favor mantenha os créditos se tiver autoria. Luandabela .(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´) «`'•.¸.*... *.¸.•'´»(¸.•` * * Beijos!!! * (`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸.*... *.¸Kaoma •'´»(¸.•` * (¸.•***

Nenhum comentário:

Counter

♥Luandabela Headline Animator

Postagens populares

Sexualidade

Sexualidade
Bar Aurora & Boteco Ferraz

Subscribe Now: Feed Icon

va